jigorokano

O Judô é uma arte marcial esportiva. Foi criado no Japão, em 1882, pelo professor de educação física Jigoro Kano. Ao criar esta arte marcial, Kano tinha como objetivo criar uma técnica de defesa pessoal, além de desenvolver o físico, espírito e mente.

Em 1864, o Comodoro Matthew Calbraith Perry, comandante de uma expedição naval americana, obrigou o Japão a abrir seus portos ao mundo com o tratado “Comércio, Paz e Amizade”. Abrindo seus portos para o ocidente, surgiu na Terra do Sol Nascente uma tremenda transformação político-social, denominada Era Meiji ou “Renascença Japonesa”, promovido pelo imperador Mitsuhyto Meiji (1868-1912). Anteriormente, o imperador exercia sobre o povo influência e poderes espirituais, porém com a “Renascença Japonesa” ele passou a ser o comandante de fato da Terra das Cerejeiras.

Nessa dinâmica época de transformações e inovações radicais, os nipônicos ficaram ávidos por modernizar-se e adquirir a cultura ocidental.

A ordem proibindo os samurais de usar espadas em 1876 assinalou um declínio em todas as artes marciais, e com o jujutsu não foi uma exceção.


4b1b66e8ca9eede417a6b36630e886bd

Os princípios que inspiraram Jigoro Kano quando da idealização do judô foram os três seguintes:

  • Princípio da Máxima Eficiência (Seiryoku Zen’Yo).
  • Princípio da Prosperidade e Benefícios Mútuos (Jita Kyoei).
  • Princípio da Suavidade (Ju).

Graduações

Os judocas são classificados em duas graduações: kyu e dan[7].

As promoções no judô baseiam-se em exames que incidem sobre requisitos tais como: duração de tempo de treino, idade, caráter moral, execução das técnicas especificadas nos regulamentos[8] e comportamento em competições. . No caso de promoção das graduações de 1º dan até 5º dan são realizadas pela banca examinadora da Liga ou Federação Estadual, as outras graduações superiores pela Confederação Nacional.

Os praticantes de judô se classificam em dois grandes grupos – kyu (iniciantes) e dan (peritos) -, subdivididos, respectivamente, em seis e dez graduações, e identificados por faixas coloridas (Obi) que usam na cintura. Para os kyu a ordem de graduação é decrescente e as faixas têm cores branca (6°), amarela (4°), verde (3°),roxa ou azul (2°) e marrom (1°). A numeração dos dan cresce de acordo com o seu valor:1° a 5°, faixa-preta; 6° a 8, vermelha e branca,rajada; 9° e 10°, faixa vermelha. Fonte:Barsa

As faixas vão na ordem de:

1. Branca 2. Cinza 3. Azul 4. Amarela 5. Laranja 6. Verde 7. Roxa 8. Marrom 9. Preta 10. Branca/Vermelha.

Ao total são 10 faixas